Embalagens

Brasil segue líder em reciclagem de alumínio

Cerca de 97,9% das embalagens comercializadas no ano de 2015 foram recicladas e retornaram às prateleiras

10/11/2016
A+ A-

O Dia Nacional da Reciclagem do Alumínio foi comemorado no último dia 28 de outubro e não faltam motivos para celebrar. A data foi marcada pela divulgação do índice de reciclagem, realizada pela Associação Brasileira do Alumínio (Abal) e pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alta Reciclabilidade (Abralatas). O Brasil segue líder mundial há 14 anos, tendo reciclado no ano passado 292,5 mil toneladas – o que representa 97,9% das embalagens comercializadas.

São mais de 2,5 milhões de latas recicladas por hora em um país onde cada pessoa consome, em média, 117 embalagens todo ano. Somente na coleta de latas de alumínio foram injetados cerca de R$ 730 milhões na economia brasileira, sendo que o mercado movimenta mais de R$ 850 milhões internamente.

O Grupo ReciclaBR, líder na reciclagem de metais não ferrosos no Brasil, foi uma das empresas que investiu na coleta, ampliando o número de centros de coleta para 23 unidades em 13 estados e possibilitando uma cobertura mais ampla em todo território. Em 2017, o Grupo irá inaugurar uma nova planta de reciclagem e beneficiamento de alumínio, na cidade de Paranaíba, no Mato Grosso do Sul.

A importância da reciclagem ultrapassa as barreiras da economia e apresenta demais vantagens, como a inclusão social e geração de renda para as famílias de mais de 800 mil catadores de materiais recicláveis que atuam, hoje, no Brasil. Todo o processo desde a coleta da sucata até a produção de uma nova latinha de alumínio leva cerca de 60 dias. As latas são 100% recicláveis, gelam mais rápido e são mais fáceis de transportar e armazenar.

Para ilustrar o processo da cadeia, a Abal produziu um vídeo mostrando todas as etapas da cadeia pela qual a lata passa: a coleta, os centros de reciclagem, a fundição, laminação, até se tornar uma nova lata. No Facebook, o vídeo já conta com mais de 82 mil visualizações. Confira abaixo:

Assine nossa newsletter Receba as novidade da Revista Alumínio
Formulário de Newsletter