Entrevistas Assunta Camilo

Assunta Camilo: “Alumínio atende às necessidades do mercado”

Diretora do Instituto de Embalagens aponta as principais tendências de consumo e reforça a necessidade de esclarecer marcas sobre as vantagens do alumínio

18/04/2016
A+ A-
Assunta Camilo, diretora do Instituto de Embalagens.
Assunta Camilo, diretora do Instituto de Embalagens.

Qual sua avaliação do ano de 2015 para o segmento de embalagens?

Foi um ano confuso e diferente, confuso pois variou em altos e baixos ao longo do ano, sem razões tangíveis. Na média, o crescimento foi negativo, porém quem soube se posicionar e usou a embalagem como diferencial, cresceu.

Mesmo em momentos de dificuldade econômica, o mercado de embalagens sempre apresenta desempenho superior a outros mercados. Que fatores contribuem para isso?

Urbanização é o principal; à medida que nos urbanizamos precisamos mais de embalagens. Além disso, com o aumento de informação o público brasileiro esta ávido para conhecer produtos novos e estes vêm em embalagens novas. Sofisticação também tem contribuído para aumentar o valor de embalagens.

Quais as oportunidades do segmento para o alumínio?

Atendimento das principais tendências de consumo. O alumínio pode entregar sofisticação, conveniência, segurança, saúde e explorar aspectos de sustentabilidade e ainda não o faz, pois faltam projetos focados em desenvolvimento de mercado, esclarecendo os brand owners dos atributos e aplicações.

Qual a importância de contar com fornecedores de confiança neste segmento?

Qualidade hoje é básico, ninguém abre mão, é fundamental. Qualidade e segurança são obrigação. Estabelecer laços de confiança e desenvolver projetos juntos desde o conceito do produto fazem a diferença.

O que é preciso aprimorar no mercado brasileiro de embalagens?

Romper a barreira de que tecnologia e inovação são investimentos. É preciso mostrar que isso pode fazer a diferença. Acredito que os usuários de embalagens ou donos de marcas ainda entendem que investir em embalagens melhores é custo desnecessário. É preciso projetos que demostrem que é um investimento que, se feito de forma adequada, traz retorno para a marca e empresa.

Com base no painel Anuga, quais as principais novidades para o próximo ano?

O alumínio pode atender às dez tendências, porém é necessário colocar mãos à obra, sair do discurso e partir para a atitude e execução. Por exemplo, embalagens para tornar o alimento adequado para ser consumido on the go, ou seja, em movimento, ou que acessórios simples, podem tornar a vida de quem corre mais fácil, seja uma colher no iogurte ou um pacote de biscoitos menor. Buscar por carboidratos e gorduras boas: as embalagens de produtos diferenciados devem ser igualmente diferenciadas.

Algum case de destaque do ano para o uso do alumínio?

No mercado europeu tem sido usado para embalagens de pratos prontos, de forma a facilitar a vida dos consumidores. Assim, o produto vem pronto na bandeja de alumínio e pode ir diretamente ao forno de microondas, elétrico ou convencional.

Assine nossa newsletter Receba as novidade da Revista Alumínio
Formulário de Newsletter